somos mesmo pindéricos

Mais uma vez, acabo de constatar que nunca iremos a lado nenhum nesta cena dos Festivais Eurovisão da Canção. Alguém me explica qual o conteúdo da grandiosa música que venceu a nossa edição "dentro de portas" do Festival da RTP da Canção, e que nos irá representar na Dinamarca? Será possível que o nosso povo... Continue Reading →

Anúncios

novo desafio no horizonte

No final de junho cometi o que considero uma "loucura", mas uma daquelas que acho que já me estava a fazer falta. Então inscrevi-me para o GTSA, que é como quem diz para o Grande Trail da Serra d'Arga, organizado pelo grande Carlos Sá. Falando de números, esta é uma 'brincadeira' para 45km com 5000m... Continue Reading →

quero ir

Nem todos os fins-de-semana da minha vida são dedicados à Orientação, esse é apenas um deles...Os outros são preenchidos com actividades várias, que me enchem a alma e o espírito. Foi o caso do sábado passado. Nas Jornadas Arciprestais da Juventude de Abrantes! A princípio estava um pouco reticente em participar. Dado que iria levar... Continue Reading →

Vale a pena pensar nisto [3]

Um consultor, especialista em 'Gestão do Tempo', quis surpreender a plateia durante uma conferência. Tirou debaixo da mesa um frasco grande, de boca larga. Colocou-o sobre a mesa, ao lado de uma pilha de pedras do tamanho de um punho, e perguntou: "Quantas pedras vocês acham que cabem neste frasco?" Após alguns números serem atirados... Continue Reading →

Os números de 2011

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2011 deste blog. Aqui está um excerto: Um comboio do metropolitano de Nova Iorque transporta 1.200 pessoas. Este blog foi visitado cerca de 5.600 vezes em 2011. Se fosse um comboio, eram precisas 5 viagens para que toda gente o visitasse. Clique... Continue Reading →

seu cabeça de alvéola

Provavelmente nunca ouviram esta expressão: "cabeça de alvéola", portanto é normal que se estejam a perguntar " - Mas o que é isso?". Pois, aqui da minha parte, é uma expressão mais que normal, dadas as inúmeras vezes que a minha mãe me chama tal coisa. Se bem que ela deturpa um pouco as coisas... Continue Reading →

Create a website or blog at WordPress.com

EM CIMA ↑