//
a ler...
Me

cornos em bico, no minho

Logo TOM14A pedido de muitas famílias estou de regresso a estas lides, se bem que nunca as tivesse abandonado: estava como que adormecido, como os ursos, durante o Inverno, quando hibernam.

Este regresso vem na sequência da participação no Torneio de Orientação do Minho 2014, no passado fim-de-semana (13-14 Set ‘14), em Paredes de Coura, onde andei a navegar na Paisagem Protegida do Corno de Bico. E só tenho a dizer bem deste local, um local típico da paisagem minhota, com muito verde, terrenos montanhosos, carvalhos, castanheiros e, imaginem só, carraças! Às mil! Foi o pormenor do fim-de-semana, o pessoal estava impregnado, infestado, cheio delas. E aqui, o problema maior é dar com elas: é que o seu tamanho era mínimo, cerca de 0,5mm! 😮

Quanto às provas, isso foi o que menos interessou, dado que estava a participar como extra-competição. É verdade, não tinha o EMD em dia, só o consegui enviar na quinta-feira anterior para a FPO. É que os senhores do Centro de Medicina Desportiva por vezes pecam por excesso de zelo e, pela terceira vez, pediram-me para fazer um Ecocardiograma – que estava normalíssimo. Não sei o que viram no Electro, mas cá para mim queriam arrecadar mais uns cobres à minha conta (espero bem que não). Com toda esta “tourada”, o EMD levou cerca de 3 semanas a estar nas minhas mãos, não chegando a tempo desta prova.
paisagem_corno_bico

Voltando ao assunto, as provas: estando eu sem ritmo de treino e como extra-competição, aproveitei para desfrutar da Orientação, sem nunca deixar de dar o meu melhor. Foram dois bons treinos, sim senhor.
O primeiro, de distância média (5,2 km), no sábado, numa parte nova do mapa do Corno de Bico, e com muitos pormenores rochosos. Comecei com muita calma mesmo, e posso dizer que apenas meti os “pés” a sério por duas vezes, uma no 5 e outra no 19, quase a terminar. Muito giro, mesmo!

No domingo, e como previsto pelos “senhores do tempo”, a chuva teimou em aparecer (mas que mau timming – bah ), não fosse a organização (ou terão sido os militares?) ter montado umas tendas, e a malta estava completamente lixada…
À parte disso, o “treino” foi de distância longa (10,3 km), no mesmo mapa do dia anterior, juntando a parte nova com a que foi cartografada em 2003. Apesar do mapa parecer uma “cobra”, o traçado correspondeu às expectativas: uma prova “durinha”, num misto de pernadas longas com curtas, em que algumas deram boas dores de cabeça aqui ao ‘je’.
Deixando os erros de lado, que foram alguns (4, 6, 10, 18 – o grande), o pior mesmo foi a parte física. Durante uma hora e trinta e cinco minutos ainda me consegui aguentar nas “canetas”. Depois disso é que foi o “elas”! As pernas não queriam andar nem por nada, coitadas. Fiz alguns pontos a passo, do 19 ao 21, e lá consegui terminar, com quase mais uma hora que o Manel (que anda muito forte).

Quanto ao sprint, na tarde de sábado, deixei-o para que tem outras aspirações, que a mim, já me chegava uma prova por dia.

Se quiserem resultados, podem vasculhar por aquiOs mapas, logo os ponho no meu repositório. 😀

Update (18SET2014 @21:53): Os mapas já estão no meu repositório.

Anúncios

Discussão

Ainda sem comentários.

Na minha opinião...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: